Eu, Pensamentos, Relações

Tenha medo de uma mulher em silêncio

Pode parecer exagero, mas não é.

 Uma mulher em silêncio quer dizer pelo menos uma coisa: Ela não está feliz. (Pode estar feliz na vida, mas não naquele momento). Pode estar chateada com algo à sua volta, ou com ela mesma, mas chateada ela está.

Eu particularmente sou muito assim. Quando estou feliz e radiante, falo pelos cotovelos, converso, pego opiniões, compartilho. Acho que uma das maiores riquezas da vida é compartilhar algo com alguém (vale falar com plantas e animal de estimação também, quem sabe até com o espelho, rs). Minha mente não para. Então, se estou em silêncio, estou pensando, calada,  em como solucionar um problema. E se eu não falo com a pessoa que está ao meu lado a respeito do problema, provavelmente, ela é parte do problema.

Pode ser que não… pode ser que eu esteja pensando em como devo me comportar em determinada situação, pode ser que esteja revendo minhas atitudes, sentindo saudades de algo que não vivo mais ou qualquer coisa do gênero. Ás vezes é algo particular, ou algo que até gostaria de compartilhar, mas que não acho adequado, ou não acredito que serei compreendida.

Fugi do assunto, mas voltando.. Mulher fala pra tudo, inclusive pra pensar. Eu penso em voz alta e adoro a retórica. (Pois quando você discute à respeito de algo, ou você se convence mais de sua opinião, ou você muda de idéia.) Mulher gosta de compartilhar as coisas, de informar, de pegar opiniões, de contar detalhes, de passar emoção e a voz, ainda, é a melhor maneira pra isso.

Mas, se acaso ela é barrada logo no início de manifestação, logo no início do diálogo, ela interoriza o sentimento que iria manifestar, porém contrariada de ter que fazê-lo. Daí surge o silêncio, mas como “vingança”.

Pena que entre homem e mulher as coisas funcionem de maneira tão diferente. Porque o silêncio de uma mulher para o homem em 99% das vezes é um prêmio, e eles ficam mais felizes quando tem tempo para ficar em silêncio fazendo suas coisas ou pensando nos próprios problemas. Já as mulheres se sentem mal e frustradas quando precisam resolver suas coisas sozinhas. E isso não tem NADA a ver com incapacidade, é vontade, instinto, ou qualquer coisa do gênero. É maldade esta diferença, pois sempre um dos lados abre mão do seu “impulso natural”, pelo outro.

Quanto mais um homem fica na sua, mas a mulher fica chateada. E na maioria das vezes os homens não sabem que isso está acontecendo. E a balança vai ficando cada vez mais desigual.E se nós descarregamos as frustrações acumuladas, meu amigo, assusta qualquer um. Eles se sentem confusos e inseguros, afinal não tinham nem idéia que isso acontecia com ele, enquanto ele resolvia seus problemas, trabalhava ou melhorava algo, e por isso quase sempre revidam indignados, brigando.

E a mulher não entende como aquilo aconteceu, pois ela só queria se sentir amada, segura e acarinhada. Então, com a reação dele ela fica mais longe ainda do que queria, mas muitas vezes, não percebe que seu método que lhe distanciou do objetivo.

C’est la vie…

Aos poucos vamos aprendendo, mudando, nos adequando. Percebendo como fazer para conseguir oque queremos, em vez de bater o pé no meio que sentimos como o certo.

Aprendemos a pedir, querer e não ter vergonha de falar sobre nossas necessidades.

Demora?? Sim.. Normalmente Muito… Mas nunca é tarde para ser mais feliz.

Anúncios